Fundo de Investimento Imobiliário (FIIs)

Definição

Fundo de Investimento Imobiliário é um veículo para se investir em imóveis. Entre eles, há basicamente 2 categorias.

  1. Os fundos de tijolo, que visam remunerar o cotista por meio de aluguel de lajes corporativas ou escritórios, shopping center, agências bancárias, galpões logísticos, hotéis e outros.
  2. Os fundos de papéis, que compram títulos como CRIs (Certificado de Recebíveis Imobiliários) e LCIs (Letra de Crédito Imobiliário). Enfim, é uma sopa de letrinhas ligadas a ativos imobiliários, que são um espelho de títulos pré-fixados + inflação ou CDI + um spread. Isto é, investimentos em renda fixa.

O processo de investir em FIIs funciona de forma parecida com o investimento em ações. Ambos são ativos negociados no ambiente da Bolsa. Para investir, é necessário ter uma conta em corretora que forneça o serviço de negociação das cotas.

  • Dentre as vantagens dos fundos imobiliários, destacamos as 3 principais:
    Isenção fiscal – Os FIIs não pagam imposto de renda sobre o provento recebido mensalmente. Porém, ganhos de capital estão sujeitos a imposto de renda de 20%.
  • Acesso a pequenos investidores – Você não precisa ser um mega-investidor para comprar FIIs. Com quantias a partir de R$1.000,00 você consegue comprar uma cota.
  • Acesso aos melhores empreendimentos -Sabe aquele prédio da Faria Lima, ou aquele shopping que você passeia, pois bem, você também pode ser dono de um pedacinho deles. O rendimento do fundo será atrelado ao rendimento desse empreedimento.

Empiricus

FGTS – Onde investir o seu saldo?

Caro leitor, a iniciativa do governo de liberar o saque de contas inativas do FGTS é uma boa notícia não só para quem precisa quitar dívidas, mas também para quem deseja investir esse dinheiro em aplicações que tragam um retorno real.