Aquisição hostil

Definição

Um M&A é um processo complexo, bem mais complexo que os filmes de Hollywood deixam transparecer. Ele pode se dar de duas formas, de maneira amigável ou hostil.

Na forma amigável, o adquirente faz uma oferta para o Conselho de Administração, que faz uma recomendação aos acionistas.

Na forma hostil, o comprador faz a oferta diretamente para os acionistas, ignorando o Conselho. Os próprios acionistas decidem o que fazer com suas ações.

A diferença é enorme. Quando uma empresa é comprada, a diretoria e o conselho podem ser substituídos. Temendo por seus empregos, os conselheiros e diretores podem não ter o melhor interesse dos acionistas em mente.

Normalmente, os M&As começam amigáveis para então se tornarem hostis, em caso de negativa pelo Conselho. Afinal, quem realmente manda nas empresas são seus acionistas.

Empiricus

FGTS – Onde investir o seu saldo?

Caro leitor, a iniciativa do governo de liberar o saque de contas inativas do FGTS é uma boa notícia não só para quem precisa quitar dívidas, mas também para quem deseja investir esse dinheiro em aplicações que tragam um retorno real.